Reflexão – As alterações climáticas e a economia

Elaborado no âmbito da participação no iMOOCAC13

O Planeta Terra e consequentemente a espécie humana sofrem um grande desafio. O clima está a mudar, as alterações climáticas estão a tornar o planeta mais quente. Perante estas alterações no clima, o desenvolvimento sustentável torna-se impossível. Não só o equilíbrio natural dos ecossistemas naturais é alterado como a segurança de grande parte das populações é posta em perigo.

A alteração brusca da temperatura da Terra e do seu clima deve-se, principalmente, ao aumento da concentração de gases de estufa na atmosfera, resultantes da ação humana. Os valores de dióxido de carbono na atmosfera amentam de ano para ano, exponencialmente, como consequência do consumo de combustíveis fosseis. Algo tem de ser feito, rapidamente, ou a janela de oportunidade fecha-se, tornando-se tarde demais para o Ser Humano conseguir mitigar o erro que vem cometendo. Decisões têm de ser tomadas, Não serão decisões fáceis e pacíficas, a economia da maior parte dos países assenta no consumo de combustíveis fosseis e não vai ser possível, a curto e médio prazo, reduzir as emissões de carbono sem que a economia dos países e, consequentemente, o nível de vida e conforto das pessoas, se ressinta. Tem de haver um grande investimento nas energias “limpas” e em investigação de novas formas de energia alternativas. Os atuais decisores económicos e políticos têm de mudar de paradigma. Têm de rejeitar, pelo menos em grande parte, os investimentos nas energias carboníferas e ver as energias “limpas” ou “alternativas” como futuras grandes oportunidades de negócio e de crescimento económico.

Os decisores económicos e políticos não se podem esquecer que a fatura relativa ao consumo de combustíveis sólidos tem de ser paga. Ou essa fatura é paga agora com a mudança para fontes energéticas alternativas ou é paga mais tarde, com juros elevadíssimos, quando as consequências das catástrofes ambientais, resultantes das alterações climáticas, tiverem de ser reparadas.

O crescimento económico baseado no consumo de carbono é insustentável. Só orientando o consumo energético para outro tipo de fonte energética, não poluente, poderá ser possível mitigar o aumento dos gases de estufa na atmosfera. E, se este já não for possível travar, pelo menos reduzir a aceleração do aumento de temperatura do globo e das devastadoras alterações climáticas.

Contudo, é preciso não esquecer que a responsabilidade primária não é dos políticos nem dos decisores económicos, é uma responsabilidade de todos nós. Somos nós que decidimos que políticos decidem por nós e somos nós que decidimos onde gastar o nosso dinheiro e que energia comprar. Também não nos podemos esquecer que ao tomarmos uma postura ecológica e mudarmos alguns dos nossos hábitos, se minimizarmos os desperdícios, iremos poupar muita energia. Se tivermos boas práticas energéticas, menos dióxido de carbono irá para a atmosfera.

A Terra é a nossa casa e que só existe esta. Não nos podemos esquecer que, assim como nos foi deixada pelos nossos antepassados, temos a responsabilidade de deixar as nossos descendentes, habitável e com recursos suficientes para estes poderem subsistir.

O Filme Waterworld (1995), apesar de ser já ser um filme com alguns anos e de ser um filme de ação vocacionado para o entretenimento, mostra o que poderá ser um possível cenário apocalíptico da vida na Terra e da luta pela sobrevivência do Ser Humano, depois do derretimento das calotes polares causado pelo aquecimento global.

http://www.imdb.com/title/tt0114898/?ref_=fn_al_tt_1

http://www.youtube.com/watch?v=mRYHFFrWs2w

Waterworld - the movie

e-cumps 🙂

João Henriques

Advertisements
Esta entrada foi publicada em iMOOCAC13 com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s