Relatório de Exploração de Ambientes Virtuais de Aprendizagem

Relatório – Análise e Exploração de AVAs

 

Introdução

 

Foi proposto, como trabalho para as semanas 6, 7 e 8 (de 02 a 30 de junho de 2014), da Unidade Curricular “Ambientes Virtuais de Aprendizagem”, a análise e exploração de diversos AVA, sabendo da importância que estes têm em termos da Pedagogia do Elearning e do Design dos Ambientes Virtuais.

Os AVA propostos pela professora, para análise e exploração, foram, enquadrados nas Plataformas (Learning Management System), o Moodle, o Lore, o Schoology, o GoogleSites e o Learndash.

Dentro das Plataformas de Social Learning foi-nos proposto a análise e exploração do Ellg, do Edmodo, do Drupal, do BudyPress, do Spuz e do Grou.ps.

Entre as ferramentas individuais, foi proposto que analisássemos e explorássemos AVAs de social bookmarking, de agregação e de blogging. Dentro destes vou referir-me ao Delicious, ao Scoop.it e ao WordPress.

Como AVAs colaborativos foi proposto, para análise e exploração, o Googledocs e o Twitter.

 

Moodle

A minha experiência como utilizador do LMS Moodle, na ótica do aluno, começou há alguns anos no Exército. Mais tarde, durante toda a minha licenciatura, o meu contacto com colegas e com professores era efetuado através do Moodle da Universidade Aberta. Atualmente, a frequência deste mestrado tem por base o LMS Moodle.

Julgo que o Moodle é um excelente Learning Management System e é esse o motivo pelo qual é tão popular. É um ambiente virtual de aprendizagem que permite a utilização de fóruns, a gestão de alunos, a utilização de Wikis, o upload e a partilha de ficheiros, permite a aplicação de questionários que poderão ser utilizados como testes de avaliação, entre outras capacidades de grande utilidade para quem o utiliza quer na ótica do professor quer para quem se conecta como aluno. Considero que a sua instalação e o primeiro contacto, por pessoas menos familiarizadas com este tipo de software, não é o mais “amigável”. Talvez seja esta a sua caraterística mais desfavorável.

 

Lore

O Lore é um LMS de muito fácil utilização e configuração. Tem uma aparência que se pode julgar como minimalista mas que o torna de muito simples utilização. Os professores com pouca literacia digital poderão, facilmente, através deste LMS, colocar os seus cursos online. O Lore permite a criação de fóruns de discussão, tem um calendário que permite a criação de eventos, tarefas e avaliações. Tem uma “biblioteca” para o upload de ficheiros e ainda permite a gestão de utilizadores. De fácil utilização e configuração, este Learning Management System poderá ser o mais indicado para cursos simples onde não seja necessário um sistema de gestão da aprendizagem muito sofisticado.

 

Schoology

O Schoology é um Learning Management System fácil de usar e com capacidades que permitem a disponibilização de um curso já bastante elaborado. Este LMS tem a característica de o seu aspeto visual ser muito idêntico ao do facebook. O Schoology permite a gestão de alunos, a utilização de variados recursos que vão desde o fórum de discussão, passando pelo questionário ou teste de avaliação, permite a criação de novas páginas, a utilização de ferramentas externas, o upload de ficheiros, tem um calendário incorporado que permite a calendarização de tarefas ou avaliações e permite o envio de mensagens. Julgo que este LMS, apesar de ser bastante intuitivo e a configuração dos seus cursos ser bastante fácil, possui capacidades que permitem a colocação online de cursos com alguma complexidade.

 

Googlesites

A minha experiência com o Googlesites começou o ano passado, durante a minha frequência da Unidade Curricular Processos Pedagógicos em Elearning. Para a referida UC foi construída uma página de apresentação para a tarefa “ Desenho de uma atividade de aprendizagem online”, que se encontra em https://sites.google.com/site/ppelatividadecriarumblog/, que mais tarde foi implementada no LMS Blackboard da Coursesites que se encontra em http://goo.gl/wdiV8T. Considero que o Googlesites é uma excelente ferramenta para a construção de paginas web. É muito fácil de utilizar e permite a disponibilização da informação de um modo muito atrativo. Quanto à sua utilização como Learning Management System julgo que é pouco eficaz. Apesar de permitir a disponibilização de informação não permite que os alunos publiquem ou façam upload de ficheiros, não permite a gestão de alunos nem tem ferramentas que permitam a avaliação.

 

LearnDash

O Learndash é o Learning Management System da WordPress. É um LMS muito completo, com todas as capacidades que é comum encontrar nos LMS profissionais mas que têm um grande inconveniente, não é gratuito. Permite a instalação de pluggins que se vão acrescentando à medida das necessidades do professor. De momento não estou a pensar em utilizar o Learndash porque julgo que é possível ter acesso a todas as capacidades que este LMS proporciona recorrendo a outros LMS de acesso gratuito.

 

Elgg

O Elgg é uma ferramenta de criação de Redes Sociais, podendo estas serem transformadas em plataformas de Social Learning. A sua instalação e colocação online não é uma tarefa fácil para quem não possua uma boa literacia digital. Depois de instalada e colocada a funcionar, a plataforma de Social Learning, criada através do elgg é uma ferramenta com grandes capacidades para a aprendizagem online. Esta ferramenta permite criar uma rede social onde os seus utilizadores comunicam e colaboram facilmente permitindo-nos, a nós como administradores, manter o controlo dos dados e das relações. Também tem a capacidade de ser facilmente personalizável.

 

Edmodo

O Edmodo é uma aplicação muito fácil de usar. Utilizei-a, pela primeira vez, no âmbito desta tarefa e fiquei bastante agradado. Basta um simples registo, alguns dados para personalização e temos a nossa Rede Social de Social Learning a funcionar. Os professores com pouca literacia digital podem, através desta ferramenta, criar a sua rede social e manterem-se em contacto com os seus alunos. Também os alunos que não possuam muita experiência neste tipo de ferramentas, por exemplo alunos em Aprendizagem ao Longo da Vida, através do Edmodo, não terão qualquer dificuldade em se ligarem ao seu professor e aos seus colegas. Permite uma grande mobilidade, pode ser facilmente acedido ou atualizado através de um telemóvel. Esta aplicação permite um ambiente de turma, a comunicação processa-se, de forma fechada, dentro do grupo.

Como principal desvantagem, o Edmodo não permite uma conversação síncrona e devia ter a possibilidade de comunicar através de chat. Apesar de ser muito idêntico ao Facebook tem, também como desvantagem, uma reduzida capacidade de personalização.

 

Drupal

O Drupal é um software que, como o ELGG, não é fácil de instalar nem de utilizar por quem não tem muita experiência em tecnologias digitais. É uma ferramenta muito completa que permite, entre outras funcionalidades, criar uma Rede Social que se pode transformar numa plataforma de Social Learning. Depois de criada, esta Rede Social permite aos seus membros a criação de blogues para publicação, a partilha de ficheiros entre os seus membros, a criação de fóruns de discussão e a criação de Wikis para trabalho colaborativo. Como referi, este é um software que permite a criação de plataformas de Social Learning com grandes potencialidades. Além da sua complexidade na instalação e configuração, o Drupal tem o inconveniente de necessitar de ser alojado num “Web Hosting” que, por norma, são pagos.

 

BudyPress

O Budypress é um plugIn que se instala no WordPress e que permite a criação de uma Rede Social fechada. Tem caraterísticas idênticas ao Facebook mas serve para a criação de redes mais restritas. O Budypress pode ser transformado numa plataforma de Social Learning onde os utilizadores podem criar perfis, enviar mensagens, fazer conexões com outras pessoas, criar e interagir em grupos e fóruns. Depois de instalado permite um largo leque de opções de personalização. Os utilizadores podem criar, editar e alterar o seu perfil, podem criar listas de amigos, podem trocar mensagens privadas entre utilizadores e permite a criação de grupos onde é possível partilhar informação dentro de áreas específicas. Como inconveniente, este Plugin da WordPress só pode ser instalado na versão paga. A versão gratuita do WordPress não permite a instalação desta rede social.

 

Spuz

O Spuz é uma ferramenta que me cativou bastante. Permite criar uma Rede Social, que facilmente se pode converter numa plataforma de Social Learning, de forma muito fácil e intuitiva. Todos os menus são auto-explicativos. Com apenas algumas configurações podemos ter uma rede social pronta a funcionar. A rede criada através do Spuz, que pode ter o nome que lhe quisermos colocar, permite a criação de blogs, a criação de fóruns de discussão, a gestão dos membros, a gestão de grupos, o upload e partilha de vídeos e fotos, tem uma sala de chat e permite mensagens instantâneas entre membros, também tem um largo leque de opções de personalização do seu aspeto visual. Recorrendo ao  Spuz, quem não tem experiência na criação e gestão de redes sociais pode criar e configurar uma rede para interagir socialmente com outros membros. Como inconveniente desta ferramenta aponto o facto de, apesar de afirmar que tem uma versão mais limitada que é gratuita, só permite a criação de uma rede social após uma contribuição monetária.

 

Grou.ps

O Grou.ps é uma plataforma online que permite criar uma rede social privada. Tem um aspeto muito semelhante ao facebook, apesar de permitir a personalização do seu ambiente. A sua utilização como ferramenta de Social Learning pode tornar-se muito interessante. Depois de instalado e configurado permite que o seu acesso seja feito diretamente, por qualquer utilizador, sem qualquer restrição, pode ser configurado para que o acesso só seja permitido depois que o registo seja validado pelo administrador, pode ser configurado para que o registo e acesso só sejam possíveis perante convite ou, ainda, só ser autorizado o seu acesso aos proprietários de um endereço de mail pertencente a um domínio específico. As suas capacidades são muito idênticas à maioria das ferramentas de criação de redes sociais. Permite a gestão do perfil, permite a gestão dos membros, a gestão de grupos, tem a capacidade de se poder fazer upload e download de ficheiros, permite a criação de blogs, tem um chat, tem um calendário para eventos, permite o post de comentários entre os vários membros. Esta ferramenta permite que sejam adicionadas novas aplicações, como complemento, à medida que vão sendo necessárias. O Grou.ps, como quase a totalidade das ferramentas de criação de redes sociais, tem a desvantagem de não ser gratuita. Para se poder criar e manter uma rede social no Grou.ps é necessário o pagamento de uma mensalidade.

 

Delicious

Como ferramenta de social bookmarking, utilizo o Delicious. O uso desta ferramenta apresenta duas grandes vantagens. Permite que eu tenha sempre disponíveis os meus “bookmarks”, independentemente de que computador e de que ponto do globo os esteja a acessar e, simultaneamente, permite que os meus bookmarks sejam partilhados pela minha rede de relações. Deparamo-nos constantemente, quando estamos online, com páginas e artigos que queremos consultar mas que, de momento, não dispomos de tempo. Através do Delicious, com um simples clique, guardamos o link dessas páginas, com a possibilidade de lhe anexarmos tags para mais tarde termos a possibilidade de acessar a esses links, por assunto. Quando fazemos esse clique, também temos a possibilidade de tornar o link que estamos a salvar, público ou privado. Julgo que o Delicious é uma excelente ferramenta, não é por acaso que é o site de social bookmarking mais utilizado no mundo.

 

Scoop.it

O Scoop.it é uma ferramenta de agregação que nos permite juntar vários artigos ou outro tipo de páginas web num mesmo local. Esta ferramenta permite-nos agregar páginas, á medida que encontramos artigos na web, relacionados com determinado tema, através de um simples clique num botão, que se pode inserir na barra de ferramentas do nosso browser. O Scoop.it é uma ferramenta muito útil quando se faz investigação. À medida que vamos encontrando informação pertinente, vamos juntando-a ao nosso “Scoop” e quando terminamos a pesquisa temos a informação relevante toda concentrada num único local.

O Scoop.it também permite que sejam adicionados seguidores. Dessa forma, sempre que eu adicionar uma página a um Scoop meu, os meus seguidores vão ser notificados e receberão no seu mail um link para esse Scoop. Julgo que o Scoop.it é muito mais que uma simples ferramenta de bookmark, devido ao seu aspeto visual, as páginas de agregação do Scoop.it provocam, nos seguidores, uma maior apetência para a leitura do seu conteúdo.

 

WordPress

Como ferramenta de blogging utilizo o WordPress. É uma ferramenta de Blogging que tem uma versão gratuita e uma versão paga, esta com muitas mais funcionalidades. Eu utilizo a versão “free” e julgo que, para manter um Blogg no âmbito do que é necessário para a frequência deste mestrado, ou para ir publicando num blog pessoal, é suficiente. O WordPress, na versão gratuita, permite a criação de Blogs com variadas aparências pré definidas, permite a inserção de imagens e vídeos nos textos e tem uma variedade de Widgests, com os quais podemos personalizar o nosso blog. Julgo que um blogger que não utilize o blog para fins profissionais pode ir publicando nos seus blogs pessoais recorrendo ao WordPress, na versão “free”, sem se sentir limitado.

 

Google docs

O Google docs ou Google Drive é uma excelente ferramenta para o trabalho colaborativo. Além de ser um local de armazenamento de informação na “cloud”, permitindo aos utilizadores acederem à sua informação, de qualquer lugar, em qualquer momento, bastando para isso o acesso a um qualquer computador com ligação à internet, também permite a criação de documentos de texto, folhas de cálculo, apresentações, formulários e desenhos. Estes documentos, criados no Google Drive, tem a particularidade de poderem ser partilhados com outras pessoas, permitindo que várias pessoas trabalhem no mesmo documento, em simultâneo, a partir de qualquer ponto do globo. Além disso, para melhor coordenarem o seu trabalho colaborativo, os utilizadores têm a possibilidade de comunicarem, entre si, através de um chat ou de inserir comentários ao documento que estão a trabalhar. A ferramenta de formulário do Google Drive é muito útil na elaboração de questionários para investigações ou como ferramenta de avaliação. Tem a particularidade de poder guardar automaticamente as respostas dadas numa folha de cálculo, capacidade que é muito útil no posterior processamento dos resultados. Já utilizei as diversas ferramentas do Google Drive, em diversos trabalhos académicos, e sempre me pareceram muito simples de utilizar e muito práticas na elaboração do trabalho que eu realizava.

 

Twitter

O twitter é uma rede social onde os seus membros comunicam entre si através de mensagens de texto que podem ter no máximo 140 caracteres, conhecidos como Tweets. Estas mensagens são recebidas pelos seguidores de quem a enviou e podem ser enviadas e recebidas através de um computador ou através de um simples smartphone. Os Tweets também podem ser enviados a apenas um seguidor, ficando todos os outros impedidos de o ver. Os utilizadores podem ter um perfil público onde todas as pessoas se podem tornar seus seguidores ou ter um perfil privado onde este autoriza, ou não, outros utilizadores do Twitter a serem seus seguidores. Esta ferramenta é muito útil quando se pretende comunicar através de mensagens curtas. É uma forma de, por exemplo, rapidamente, partilhar o link de uma página interessante com todo um grupo de seguidores. Não sou um utilizador assíduo do Twitter nem tenho muita experiência na utilização do mesmo, mas reconheço que possa ser uma ferramenta de grande utilidade para quem se dedique à aprendizagem em elearning.

 

Conclusão

Depois de explorar e analisar todas as ferramentas propostas pela professora depreende-se que todas elas têm vantagens e inconvenientes. Por norma, todas aquelas ferramentas que não são gratuitas têm mais capacidades do que aquelas que são gratuitas. Muitas dessas ferramentas têm uma versão “free”, com poucas potencialidades e uma versão com mais recursos que passa a ser paga se precisarmos de mais funções.

Todas estas ferramentas precisam de um período de tempo de experimentação e prática por parte do utilizador, mais ou menos longo, antes de este se tornar proficiente na sua utilização. Julgo que é mais produtivo o utilizador usar uma determinada ferramenta e dominá-la do que ter alguns conhecimentos sobre várias ferramentas e não dominar nenhuma. Por outro lado, outra dificuldade que se coloca ao utilizador prende-se com a velocidade com que o software vai evoluindo, quando o utilizador começa a ficar experiente em determinada ferramenta, surge um novo software e esta fica ultrapassada.

Também pude constatar que a grande maioria das ferramentas de construção de Redes Sociais, devido à sua necessidade de “web hosting” ou talvez devido à sua grande popularidade atual, não são gratuitas.

Em cada uma das tarefas que queremos executar devemos utilizar a ferramenta mais apropriada mas julgo que a seleção da ferramenta para a tarefa em questão, muitas das vezes, é decidida em função de determinadas preferências do utilizador, por exemplo o aspeto visual da mesma, e não em função das capacidades da ferramenta em si.

 

Referências:

http://buddypress.org/

http://grou.ps/home

http://lore.com/

http://www.learndash.com/

http://www.scoop.it/

http://www.spruz.com/

https://delicious.com/

https://drupal.org/

https://moodle.org/

https://www.schoology.com/

https://wordpress.com/

https://docs.google.com/

https://twitter.com/

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Ambientes Virtuais de Aprendizagem com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s